Notícias

O Grupo Pão de Açúcar anuncia os resultados do 4T10 e 2010

São Paulo, Brasil, 23 de fevereiro de 2011 - O Grupo Pão de Açúcar (BM&FBOVESPA: PCAR5; NYSE: CBD) anuncia os resultados do 4º trimestre de 2010 e do ano de 2010. As informações operacionais e financeiras da Companhia, apresentadas a seguir, foram elaboradas em conformidade com as normas International Financial Reporting Standard (IFRS) emitidas pelo International Accounting Standards Board (IASB) e as práticas contábeis adotadas no Brasil (BRGAAP), com observância às disposições contidas na Lei das Sociedades por Ações e estão apresentadas com números em Reais. Os comentários estão distribuídos da seguinte forma: (i) “GPA Alimentar” - que excluem integralmente os resultados operacionais e financeiros da Globex Utilidades S.A e da Nova Casas Bahia, (ii) “GPA Consolidado” - que incluem integralmente os resultados operacionais e financeiros de Globex Utilidades S.A., a partir do 3º trimestre de 2009 e Nova Casas Bahia, a partir de novembro de 2010. Todas as comparações referem-se ao mesmo período de 2009, exceto onde estiver indicado de outra forma.

DESTAQUES OPERACIONAIS E FINANCEIROS

GPA Alimentar

  • No 4T10, as vendas brutas do Grupo cresceram 7,9%, totalizando R$ 7.281,7 milhões, e as vendas líquidas atingiram R$ 6.541,9 milhões, um aumento de 8,3% em relação ao 4T09.
  • No conceito ‘mesmas lojas‘(1), as vendas brutas cresceram 7,2%.
  • O lucro bruto atingiu R$ 1.697,8 milhões, com margem de 26,0% e aumento de 8,3% em relação ao 4T09.
  • O EBITDA totalizou R$ 567,1 milhões, um crescimento de 9,1% em relação ao 4T09. A margem EBITDA foi de 8,7% no 4T10 (8,6% no 4T09).
  • O EBITDA do Assaí totalizou R$ 27,2 milhões no 4T10, com margem EBITDA de 3,1%.
  • O lucro líquido atingiu R$ 498,0 milhões. Desconsiderando o efeito não recorrente de R$ 221,1 milhões, o lucro líquido ajustado dos efeitos não recorrente foi de R$ 276,9 milhões com margem de 4,2%.

GPA Consolidado

  • No 4T10, as vendas brutas consolidadas apresentaram crescimento de 50,9%, totalizando R$ 12.603,7 milhões. As vendas líquidas atingiram R$ 11.039,9 milhões, um aumento de 48,2% ante o 4T09. Vale destacar que esse valor inclui 2 meses de Casas Bahia.
  • O lucro bruto totalizou R$ 2.798,8 milhões, com margem bruta de 25,4% e crescimento de 56,6% em relação ao 4T09.
  • O EBITDA totalizou R$ 769,3 milhões e margem EBITDA de 7,0% e crescimento de 114,1% em relação ao 4T09.
  • A despesa financeira líquida foi de R$ 357,8 milhões e representou 3,2% das vendas líquidas.
  • O lucro líquido consolidado atingiu R$ 447,0 milhões no período. Desconsiderando o efeito não recorrente de R$ 192,3 milhões, o lucro líquido ajustado foi de R$ 254,7 milhões e margem de 2,3%.

*Conceito ‘mesmas lojas’ - inclui apenas as lojas com no mínimo 12 meses de operação e, portanto, excluem as operações de Ponto Frio

Para acessar o Earnings Release 4T10, clique aqui.

Última Atualização em 23 de Fevereiro de 2011